Arquivo da categoria: Dicas

Coluna Inaugural (Valença, RJ)

Estou há 5 semanas escrevendo para o Jornal Local, de Valença (RJ). Compartilho, aqui, a coluna inaugural, para que você visite o blog do Olhar Saudável e acompanhe minhas reflexões sobre alimentação, saúde, sustentabilidade, gastronomia, memória, afeto, cultura e temas afins.

Bem-vindas e bem-vindos!

Jornal Local | Valença (RJ)

Chefs na Feira

Não estamos parados. O momento pede reflexão. Como produtora cultural, realizando eventos com aglomerações, precisei repensar minhas atividades. Reinventar-se sempre requer uma dose extra de energia. E com uma menina de 3 anos, em casa em meio à pandemia, a tarefa fica ainda mais complicada.

Sem trabalho, passei uma bela temporada na casa dos meus pais, no interior do estado, quando chegou nas minhas mãos o Jornal Local de Valença. Analisando o conteúdo, pensei que poderia ser uma boa oportunidade para escrever sobre alimentação, tema que venho pesquisando desde 2016, por conta de um projeto em parceria com as Olimpíadas do Rio.

Inaugurei na quarta-feira (22/07), a minha coluna Tá na Mesa, que semanalmente vai ocupar a página 8. Estou muito agradecida pela oportunidade! Será um espaço de opinião e reflexão, sobre comida, memória, afeto, resgate, saúde, sustentabilidade…

Tá na Mesa
Inaugural
Começo esta coluna semanal agradecendo o espaço que…

Ver o post original 500 mais palavras

Deixe um comentário

Arquivado em coluna, Dicas

Faiscador Livremente e as Rimas que vêm do Ventre #poesia #poema #rima #leitura #amor #vida #texto #exposição

eurimo

Ontem ganhei do meu irmão o ‘Dicionário de Rimas da Língua Portuguesa’. Este post é uma homenagem. De mente livre, pensado em meu blog, hoje esporádico, Faiscador:

Perpetuando

A ousadia liberta a alma encarcerada
Livre-se de suas amarras
Seja você e ame a bondade
Nada mais importa, só sua existência
Abra as suas portas e janelas
Deixe-as escancaradas
Vivemos para encontrarmos nossa essência
Somos únicos
Não devemos nada ao outro que reclama
Cada um segue o seu rumo e a quem ama

.:. Faiscador .:.
12/01/09:58

Segue a rima, usando meu novo e maravilhoso dicionário extraordinário:

Perpetuando

A ousadia liberta a alma encarcerada
Como o corpo da pessoa guarda-chuvada
Em casa, suas amarras, portas e janelas
Pela chuva que cai com a existência delas
Bondade e segurança guardam e não importam
Encarceradas, moças jovens se entortam
Versos, livres, sempre em essência
Somos únicos, seres, sem advertência
Não devemos nada ao outro que reclama
Cada um segue o seu rumo e o de quem ama

.:. (?) .:.
23/01/01:18

Deixe um comentário

23 de janeiro de 2015 · 4:47

Keeping Calm #KeepCalm #blog #souvenir

20140626-093956-34796673.jpg

Deixe um comentário

27 de junho de 2014 · 11:30

Feliz em comemorar um ano de #cores

A primeira Roda Criativa de 2014. Viva!!

sabor

Deixe um comentário

Arquivado em Dicas, Educação, Evento

E a romaria literária não pode parar

Argumento

Hoje fui fazer o acerto de consignação na Argumento. Fiquei olhando para ver se o Chico Buarque não estava por lá  – esbarrei com ele na primeira vez que fui acertar o evento. Nada de Chico, humpf. A responsável não se encontrava, hora do almoço, então fui almoçar também. Almoçar no Leblon é o mesmo que assinar um cheque em branco. Parei no Celeiro. Comida a quilo, pensei que pelo menos ia ser mais barato que o Quadrucci ou o Zuka (que um primo meu foi recentemente e ficou chocado como a cozinha lá caiu… Será que a Ludmilla Soeiro ainda está comandando o restô? Dei um Google e vi que sim… Qual será o problema? Falta de gerência? Enfim…).

Comi um punhado de salada de batatas com molho de alho (a melhor coisa do prato), um pedacinho de quiche, meio punhado de arroz selvagem e paguei R$ 40,00 junto com um expresso. Note que não havia carne alguma no meu prato… Mas isso já é clichê, reclamar dos preços no Rio. Bom mesmo é saber cozinhar e fazer em casa, regada a vinho. Hoje mesmo fiz um fettuccine ao molho cremoso de funghi com carne. Delícia. Você compra os melhores ingredientes e não sai o preço de um prato individual na rua. Meu namorido nunca levou tanta quentinha gourmet pro trabalho.

Volto na livraria, bom balanço. Não chegou perto do primeiro lançamento, mas novidade é novidade. O desempenho na livraria Cultura Cine Vitória vai ficar marcado. Além de o lugar ter a melhor infra que já vi no Rio. É uma senhora livraria. Acertamos as vendas do evento na Argumento e lá ainda ficaram alguns exemplares. Fiquei feliz. As livrarias não costumam ficar com os livros depois dos eventos. E isto me dá a certeza de que vou ter que inventar muito daqui pra frente, para a divulgação não parar.

O próximo evento é uma bagunça no Gaia Art & Café, no Leme (RJ).

Espero você por lá!!

Deixe um comentário

Arquivado em Dicas, Impressões, Livros

Milkshakes fabulosos e um eucalipto arco-íris, a árvore de muitas cores

Sabe aqueles lugares que você só conhece com locais? Pois é… Robert is Here é um deles. No caminho dos Keys da Flórida (Florida Keys) está Robert, em Homestead, área agrícola antes de chegar em Key Largo, a primeira parada da viagem.

“Key West é a cidade mais distante das Keys, uma cadeia de 822 ilhas baixas (cerca de 30 delas são habitadas) que se estende do sudoeste de Flórida, no continente, até o Golfo do México. Famosas por serem o ponto mais meridional dos Estados Unidos, a cidade é tropical não só na sua localidade física, mas na sua atitude, que combina elementos do Caribe, da América Latina e dos Estados Unidos, proporcionando uma cultura relaxada, descontraída, ao estilo de uma boa margarita”, informa o site DiscoverAmerica.com.

Fabulosos milkshakes saem de sua ‘barraca de frutas’, como ele chama a loja da fazendinha nas cercanias do Parque Nacional dos Everglades. E foi lá que, me deliciando com um milkshake de strawberry blueberry, fiquei sabendo da existência do eucalipto arco-íris. Quase não acreditei quando vi, mas é real: uma árvore com o tronco todo colorido, como se alguém tivesse pintado o sete nela.

“O eucalipto arco-íris  [Eucalyptus Deglupta]  tem o tronco revestido por uma fina casca marrom que se desprende conforme a árvore cresce, revelando novas cascas multicoloridas de incrível efeito ornamental. As nuances de verde, amarelo, roxo, azul, laranja e rosa, entre outros tons, se tornam marrons ao amadurecer e se desprendem expondo novas cores, o que faz do tronco um espetáculo mutante, sempre com um novo colorido.” (1)

“A árvore antes cultivada somente para o uso industrial da produção de papel tem sido amplamente difundida para o uso ornamental em jardins públicos e privados ao redor do mundo inclusive no Brasil.” (2)

Fontes:

(1) Ciprest Plantas Nativas e Exóticas

(2) Verde Vaso

Deixe um comentário

Arquivado em Dicas, Turismo

É amanhã! Evento gratuito para as crianças no Shopping Fashion Mall (RJ)

e-conv historias-peq

Deixe um comentário

17 de maio de 2013 · 21:50

Inspiração roubada

Li uma dessas listas de coisas possíveis para fazer quando se ama e fiz a minha edição.

Para você, com amor:

1- Prepare um café da manhã e leve na cama. Ela com certeza vai adorar o programa, e o bom humor pode fazer com que vocês passem muito mais tempo por lá, fazendo outras coisas gostosas [opa!].

2- Convide-a pra dar uma volta de bike.

3- Descubra algum lugar da cidade onde é possível ver o pôr-do-sol. Leve-a pra lá de olhos vendados (nem precisa tanto).

4- Grave um CD com suas músicas preferidas e dê pra ela de presente. Abra uma garrafa [de vinho] enquanto escutam.

5- Diga que quer fotografias dela. Peça um ensaio focando nos pontos que mais gosta nela.

6- Pesquise num guia cultural da sua cidade atividades que também te interessam e convide-a pra ir a alguma delas com você.

7- Prepare uma cesta com quitutes, uns bons drinks, uma canga, e leve-a pra um piquenique num parque num dia de sol.

8- Pare numa livraria legal com ela. Passe um tempo lá olhando os livros que gosta e descobrindo por quais temas ela se interessa.

9- Visite alguma feira de rua com ela – pode ser de antiguidades, de comidas típicas, de artesanato [ela ama cozinhar para você, que tal uma feira livre de comidas?!).

10- Separe coisas como um creme gostoso, um incenso, umas velas e uma boa música. Diga pra ela que hoje é o dia da massagem. Ou simplesmente curta um bom momento na cama com ela. Ela é boa de cama! Vai adorar ficar enroscando com você… ;)

11- Faça uma lista dos seus filmes preferidos e peça que ela faça o mesmo. Tirem o dia para assisti-los debaixo das cobertas. Planejar é sempre bom, assim como o Dia Sagrado.

12- Cozinhe pra ela. Ops! Cozinhe COM ELA.

13- Leve-a num parque para soltar pipa, jogar gamão, deitar na grama, comer gostosuras. Há uma grande chance dela nunca ter feito isso na vida. E você também não.

14- Se nenhum de vocês dois tem cachorros, separe o dia para passear sem a preocupação de recolher o cocô.

15- Chame-a para comer num lugar diferente, mesmo que distante.

16 – Desfrutem o prazer de um programa sem a necessidade de estar na frente do computador, com amigos em volta ou com uma garrafa de vinho aberta.

17 – Se estiver com saudades, escolha o conforto emocional (dela ou seu). Não tem dinheiro que pague o carinho da atenção.

18 – Ao fazer escolhas, pense no que ela faria. E também no que ela faria por você, sem pensar somente nela.

Resumindo: Amem-se porque a melhor coisa do mundo é ter uma parceria de vida. Se o outro não desperta nada disso em você, pare de perder seu tempo e corra para o mundo, porque o mundo é seu. E a outra parte vai ficar orgulhosa se você fizer a escolha certa.

Repaginado do Casal Sem Vergonha

Deixe um comentário

Arquivado em Dicas, Impressões

Lançamento com oficina de colorir!!

Lançamento com oficina de colorir!!

Deixe um comentário

18 de março de 2013 · 18:41

Conheça o Litoral Norte Baiano: Imbassaí, Diogo e Santo Antônio

por Carol Graciosa |  fotos de Daniel Bustamante

* Post escrito para um concurso cultural da marca de moda praia Lenny, que, ao invés de prestigiar roteiros nacionais, escolheu dicas da… Tanzânia!

A Bahia tem gosto de suor, pimenta, cachaça e pirão. Lá tem sabor de férias, bolinho de peixe, casquinha de siri e moqueca. Você não vai querer caipirinha de limão, porque tem mangaba, umbu, graviola…

No Litoral Norte nada é comum, tudo é novidade e o tempo se arrasta, te arrastando junto para o mar, o rio e suas florestas de mangue. Escondida entre um coqueiral e outro está Imbassaí, um vilarejo da chamada Linha Verde que mistura praia, lagoa de água doce e dunas, com muito verde.

Ainda mais ao norte, na paradisíaca praia de Santo Antônio, você deixa a morosidade baiana invadir o corpo enquanto se bronzeia bebendo delícias na barraca do Sergio. É lugar para eleger os chinelos e a canga, sem se preocupar com o chão de terra batida que leva poeira para tudo quanto é canto. O tempo para.

A cerca de 5km de Imbassaí, no vilarejo de Diogo (acesso pelo quilômetro 68 da Linha Verde), você se delicia na Sombra da Mangueira, restaurante super disputado e com atendimento simples. Evite ir em dia de chuva, pois metade das mesas fica – não por acaso! – à sombra da mangueira, sem cobertura. Na mesma rua você encontra um ateliê de artesanato de piaçava com bolsas lindíssimas.

Mas nem só sombra e água fresca! Se quiser um pouco de sofisticação, basta caminhar pela rua principal de Imbassaí, que oferece opções diversas para todos os bolsos, com destaque para o restaurante Três Marias, de cozinha espanhola.

Dicas:

Como chegar…

Imbassaí fica a 90km (cerca de 1h 40min) de Salvador, pela BA-099, também chamada de Estrada do Coco e a apenas 13km da Praia do Forte.

Onde comer…

Sombra da Mangueira (Diogo)

Restaurante 3 Marias (Imbassaí)

Onde ficar…

Casa Viola: pousada pequena, com chalés rústicos e atendimento familiar. Ambiente alternativo e descontraído, que oferece boa música – com o diferencial de não ter horário fixo para o café da manhã, delicioso e farto. Fica a apenas 15 minutos a pé da praia e da foz do rio Imbassaí.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Deixe um comentário

Arquivado em Dicas, Turismo, Viagem