Arquivo do mês: abril 2012

Água ou o ladrilho do vazio?

Lindo trecho da poesia AMAR, do livro Máquina de escrever — Poesia reunida e revista de Armando Freitas Filho (Editora Nova Fronteira), que divido com você aqui no meu canto virtual:

Amar
é mergulhar de cabeça
sem saber nadar
sem saber de nada
ao seu encalço
numa piscina
como um camicase
pulando do último
do mais alto trampolim
de mim
                  sem asa-delta
salva-vidas, pára-quedas
sem perguntar
sem sequer pensar
se lá embaixo
vou encontrar água
ou o ladrilho do vazio?
Anúncios

1 comentário

Arquivado em Ideias

[De girar + sol]

Helianthus annuus. Segue o sol diariamente. Flor exótica lindíssima, de grande porte e ornamental. Nativa dos Estados Unidos da América, produz flores na Primavera e no Verão, podendo florescer o ano todo. É robusta e muito resistente, mas suas pétalas são muito sensíveis ao toque, o que provoca certa relutância nas floristas para trabalhá-las em arranjos.

Não me lembro ao certo quando me apaixonei pela planta, e ao morar sozinha passei a enfeitar a casa com sua cor amarelo-laranja.

Mas atenção: girassol que é girassol tem que ter miolo preto!

(gi.ras.sol.) sm.

♫ ♪ Um girassol nos teus cabelos

Batom vermelho, girassol

Morena flor do desejo

Ah, teu cheiro em meu lençol!!! ♪ ♫

Girassol, Alceu Valença

2 Comentários

Arquivado em Festa, Ideias